BRINCAR COM ARTE | CALEIDOSCÓPIO

Vamos brincar de fazer arte?! Aprenda a fazer um caleidoscópio. Inspirada em “S u B m A r I n O”, a obra interativa de Márcia Xavier, a brincadeira de hoje estimula e introduz as crianças no universo da arte por meio de atividades lúdicas e educativas. Vem brincar com a gente!


Vídeo feito em parceria com @iguatemi com montagem de @gabibernd e locução de #laurachasseraux agradecimentos @fernandolaszlo @chasseraux | artistas @mrheingantz @lucasfazzio | trilha sonora Nils Landgren, Michael Wollny e Wolfgang Haffner, com Lars Danielsson, Lobito, Album 4 Wheel Drive


*


S u B m A r I n O, 2020

S u B m A R i N O é uma experiência sensorial onde a gente vê através da água, uma visão inebriada do mundo. A lente cheia de água aumenta e desfoca ao mesmo tempo o objeto ou paisagem contemplado. Conforme mexemos a cabeça, altera-se o horizonte que divide o real da visão submarina. A água tingida de azul nos faz imaginar que estamos acordados dentro de um sonho.


*


Márcia Xavier (Belo Horizonte, Brasil, 1967. Vive e trabalha em São Paulo, Brasil)

Sua obra se baseia em três elementos: luz, objetos ópticos e movimentação do espectador. Dentro da sua pesquisa, cria objetos onde, primeiro o espelho e depois a água, tornam-se agentes de distorção da imagem. Um cinema acontece em nosso circuito retiniano, enquanto nos movimentamos em torno da obra. Atualmente essa tridimensionalidade pode ser vista para dentro da imagem em fotogramas e cianótipos, de grande formato, onde o corpo e sua sombra criam uma topografia. Desde 2014, vem desenvolvendo performances sonoras, onde a música aparece como linguagem em sua obra e podem ser vistas no seu canal no youtube: https://bit.ly/3ajnbxf

Últimas exposições: O corpo dentro do corpo dentro do corpo; Galeria 111, Lisboa, Portugal, 2018; Geologia Doméstica, Casa Triângulo, São Paulo, 2017; Disillusione Ottica, Galeria Portinari, Palazzo Pamphilj, Roma, Itália, 2015; Prismal, Università degli Studi di Milano, Itália, 2015; Cruzamentos: contemporary art in Brasil, Wexner Center for the arts, Ohio, EUA, 2015; Elouge du vertige, Maison Européenne de la Photographie, Paris, França, 2012.

Coleções: Société Generale d’art Contemporain, França; Coleção do Itamaraty, Palazzo Pamphilj, Roma, Itália: Museu de Arte Moderna Rio de Janeiro; Museu de Arte Moderna de São Paulo; Museu de Arte de Ribeirão Preto; SESC Belenzinho; Itaú Cultural.





3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo